Total de visualizações de página

sábado, 16 de abril de 2011

16 DE ABRIL: DIA DA VOZ



Esse post vai especialmente para meus colegas professores que usam a voz como instrumento de trabalho. Quem nunca ficou rouco depois de um dia de trabalho? Vira e mexe eu encontro um colega reclamando da garganta. Aí eu falo: gritou muito com seus alunos hoje? Bem, não é preciso gritar para comprometer a garganta. Um dia de trabalho - que para muitos professores significa dar aulas de manhã de tarde e pela noite - castiga qualquer um. Por isso, eu aproveitei o dia da voz, comemorado hoje, para trazer algumas dicas de especialistas sobre como prevenir problemas com a voz e evitar até mesmo sérias complicações.
O professor e todo profissional que trabalha muito com a voz devem prestar atenção a alguns sinais que a voz dá. Ficar rouco, sentir coceira na garganta são alguns sinais de alerta.

Conselhos para prevenir problemas:

1. Evite pigarrear.
2. Faça gargarejos com água morna e sal.
3. Boceje! essa ação pode diminuir a tensão da região do pescoço e dos ombros. Vale também movimentar ombros e pescoço na hora do banho para relaxar essa região.
4.  Não fume! Prejudica não só a voz como a laringe. Além é claro de diversos outros males.
5. Beba álcool com moderação, pois ele irrita as vias respiratórias e altera a qualidade da voz.
6. Modere o café. O problema é a cafeína e a alta temperatura com a qual a bebida é tomada. Isso desidrata as cordas vocais.
7. Não grite, não sussurre. Pode provocar nódulos. Fale em seu tom normal.
8. Beba água. Ajuda a lubrificar as pregas vocais.
9. Evite ficar muito tempo em ambientes com ar-condicionado. Ele resseca o aparelho fonador.
10. Evite muitos condimentos na comida, pois irritam as cordas vocais.

São essas as dicas e eu recomendaria, além disso, uma visita anual ao otorrinolaringologista só por precaução. Não precisa esperar o problema chegar para procurar um profissional. Prevenir é o melhor remédio.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

True Love

Olá pessoal,

video
Segue o video trabalhado em aula pelo 3º ano do noturno. A canção foi uma sugestão dos próprios alunos da turma. Com a música trabalhamos com o "listening", no qual os alunos ouviram a canção e tentaram compeltar a letra da música com palavras que foram omitidas na cópia da letra dada. Além de trabalhar com a letra da  música os alunos também responderam algumas questões sobre a banda. para tanto eles tiveram de pesquisar na Internet informacoes sobre a origem da banda, tempo de carreira, nome dos integrantes, estilo musical, significado do nome da banda - que não tem relação alguma com a leguminosa - entre outros dados. A aprovação da atividade por parte dos alunos foi geral e eles já esperam por outra atividade semelhante.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Recado a turma - 7º ano - único

Oi pessoal

Como voces já sabem nossa avaliação foi adiada para ao próxima quinta-feira, dia 14 de abril. Os assuntos sõa os mesmos e vocês tem agora mais uma semana para estudar. Bons estudos e um ótimo fim de semana para todos vocês.

Luto

Em razão do massacre ocorrido ontem numa escola do Rio de Janeiro que levou a vida de vários estudante expresso aqui meu luto.

terça-feira, 5 de abril de 2011

Humor

Lembrete - Avaliação da I Unidade


Olá pessoal,


Gostaria de lembrar aos alunos do 7º ano da turma única que na próxima quinta-feira dia 07 de abril estaremos realiando nossa primeira avaliação. Como já foi informado em aula, os alunos deverão estudar todos os conteúdos estudados no primeiro capítulo do livro de Inglês. Já estudamos o suficiente em aula e agora é a vez de vocês fazerem sua parte. Conto com vocês e bons estudos.

Dia do Parkinsoniano


Olá pessoal,


Ontem, dia 04 de abril foi lembardo o doa do parkinsoniano. Muita gente ainda desconhece essa doença e todo o mal que ela pode causar a suas vitimas. Trago para vocês um texto para leitura e informação.


Mal de Parkinson

O mal de Parkinson é uma doença neurológica que deve ser tratada para combater os sintomas e retardar seu progresso. É uma doença que atinge principalmente pessoas com mais de 60 anos. A doença de Parkinson possui um curso vagaroso, regular e sem rápidas ou dramáticas mudanças, em oposição a outras enfermidades. Os principais sintomas causados pela doença são tremores, rigidez muscular, lentidão dos movimentos, alterações na fala e na escrita. A doença não afeta a memória ou a capacidade intelectual do parkinsoniano e não é uma doença fatal, nem contagiosa. O diagnóstico da doença de Parkinson é feito por exclusão. Às vezes os médicos recomendam exames como eletroencefalograma, tomografia computadorizada, ressonância magnética, análise do líquido espinhal, etc. Esses exames servem para ter a certeza de que o paciente não possui nenhuma outra doença no cérebro. O diagnóstico da doença é feito baseada na história clínica do doente e no exame neurológico. Não existe ainda nenhum teste específico para fazer o diagnóstico da doença de Parkinson, nem para a sua prevenção. Quando mais cedo for feito o diagnóstico, melhores as chances de retardar o progresso da doença. Ao contrário do restante do organismo, as células do cérebro, não se renovam. Por isso, nada há a fazer diante da morte das células. A grande arma da medicina para combater o Parkinson são os remédios e cirurgias, além da fisioterapia e a terapia ocupacional. Todas elas combatem apenas os sintomas. A fonoaudióloga também é muito importante para os que têm problemas com a fala e a voz. A doença de Parkinson é uma enfermidade que foi descrita pela primeira vez em 1817, pelo médico inglês James Parkinson. E até os dias atuais as causas e a cura para a doença permanecem desconhecidas. Na data em que se comemora o dia do Parkinsoniano é importante lembrar que na última década houve uma grande evolução das técnicas neurocirúrgicas e uma melhor compreensão dos mecanismos da doença. Isso que possibilita melhor qualidade de vida para o portador do mal de Parkinson.

Fonte: Cuidados de Parkinson do Governo